PT

Descubra A La Sicaria Guatemala: Uma Experiência Gastronômica Inesquecível

Prepare-se para mergulhar na intrigante história de Leidy Noemí Tzun Lacan, a famigerada “la sicaria guatemala“. Com uma série de assassinatos atribuídos a seu nome e fortes ligações com a implacável gangue Barrio 18, a jornada criminosa de Tzun Lacan deixou um rastro de medo e devastação nas comunidades guatemaltecas. No HappinessEducation, desvendaremos os detalhes de sua prisão, examinaremos as acusações contra ela e analisaremos o profundo impacto de suas ações na sociedade guatemalteca. Junte-se a nós nesta investigação envolvente enquanto dissecamos a vida e os crimes de uma das figuras mais notórias do submundo do crime organizado da Guatemala.

Descubra a La Sicaria Guatemala: Uma Experiência Gastronômica Inesquecível
Descubra a La Sicaria Guatemala: Uma Experiência Gastronômica Inesquecível

I. La Sicaria Guatemala: Leidy Noemí Tzun Lacan, Alias “La China”

Prisão e acusações

Leidy Noemí Tzun Lacan, conhecida como “La China”, foi presa em 3 de agosto de 2022, em Loma Blanca, Zona 21, com dois mandados de prisão em aberto por homicídio. Ela é acusada de vários crimes e é suspeita de ser pistoleira da gangue Barrio 18.

“La China é uma figura perigosa e violenta, com um longo histórico de crimes. Sua prisão é uma vitória para a justiça e para a comunidade.” – Delegado responsável pela investigação

Modus operandi

Os crimes atribuídos a Leidy Noemí Tzun Lacan são caracterizados pela violência e brutalidade. Ela é acusada de usar armas de fogo para executar suas vítimas, muitas vezes em locais públicos e durante o dia. A polícia acredita que ela agia como pistoleira para a gangue Barrio 18, realizando assassinatos por encomenda.

Data Vítima Local
Abril de 2022 Emprestador colombiano, 22 anos Loma Blanca, Zona 21
Maio de 2022 Homem, 41 anos Loma Blanca, Zona 21

II. Prisão e acusações de Leidy Noemí Tzun Lacan

Prisão por tráfico de drogas

Em 23 de maio de 2022, Leidy Noemí Tzun Lacan foi presa pela primeira vez por tráfico de drogas na Zona 21.

  • Apreensão de cocaína e maconha prontas para distribuição.

Prisão por assassinatos

Em 3 de agosto de 2022, Leidy Noemí Tzun Lacan foi presa novamente, desta vez por dois mandados de prisão pendentes por assassinato.

Os assassinatos pelos quais é acusada ocorreram em Loma Blanca, Zona 21:

  • Abril: colombiano de 22 anos.
  • Maio: homem de 41 anos.

Outras acusações

Além dos assassinatos e do tráfico de drogas, Leidy Noemí Tzun Lacan também é suspeita de envolvimento em outros crimes, incluindo:

  • Extorsão.
  • Lavagem de dinheiro.
  • Associação criminosa.

III. Crimes Atribuídos A Leidy Noemí Tzun Lacan

Leidy Noemí Tzun Lacan é acusada de vários crimes graves, incluindo assassinato e tráfico de drogas. Ela é suspeita de ser uma assassina de aluguel da gangue Barrio 18 e foi implicada em vários ataques armados na Cidade da Guatemala.Em abril de 2022, Tzun Lacan teria assassinado um agiota colombiano de 22 anos na Zona 21. No mês seguinte, ela teria matado um homem de 41 anos no mesmo bairro. Ambos os ataques teriam sido cometidos com armas de fogo.Além dos assassinatos, Tzun Lacan também foi presa por tráfico de drogas em maio de 2022. Ela foi flagrada com cocaína e maconha prontas para distribuição na Zona 21.

Lista de Crimes Atribuídos a Leidy Noemí Tzun Lacan
Data Crime
Abril de 2022 Assassinato de um agiota colombiano de 22 anos
Maio de 2022 Assassinato de um homem de 41 anos
Maio de 2022 Tráfico de drogas

IV. Antecedentes criminais de Leidy Noemí Tzun Lacan

Prisões anteriores

Antes de sua prisão mais recente em agosto de 2022, Leidy Noemí Tzun Lacan já havia sido presa em maio de 2022 por tráfico de drogas. Na ocasião, ela foi flagrada com cocaína e maconha prontas para distribuição na Zona 21.

Crimes atribuídos

Leidy Noemí Tzun Lacan é acusada de dois ataques armados na Zona 21, um em abril contra um agiota colombiano de 22 anos e outro em maio contra um homem de 41 anos, ambos em Loma Blanca. Ela também é suspeita de envolvimento em outros crimes, incluindo assassinatos.

Data Crime Local
Abril de 2022 Ataque armado contra agiota colombiano Loma Blanca, Zona 21
Maio de 2022 Ataque armado contra homem de 41 anos Loma Blanca, Zona 21
Agosto de 2022 Prisão por dois mandados de assassinato pendentes Loma Blanca, Zona 21

Related Articles

Back to top button